Produtividade: o que você faria se tivesse mais tempo livre?*

ter

Quando estamos com nossas vidas desorganizadas e caóticas, a primeira coisa que nos vem à mente é : “preciso organizar melhor meu tempo” e “preciso de mais horas no meu dia”. Ou pior: “preciso administrar melhor meu tempo”. Mas obviamente, ninguém é capaz de administrar o tempo – e sim de administrar a si mesmo. O que você faz com o tempo que tem? Já pensou nisso?

Fui convidada pelo autor e professor do curso para conhecer o programa de desenvolvimento pessoal, cujo foco é melhorar a nossa produtividade, disponibilizado online. Ao longo dos vídeos, encontrei falhas graves (e até mesmo banais) que cometo no dia-a-dia e que me fazem perder tempo e diminuem minha produtividade. Por isso, parei para pensar em medidas simples que já vão me ajudar e trouxe para cá também. Espero que você aproveite as ideias – e aproveite melhor o seu tempo!

o que você faria com mais tempo livre?
.

3 dicas para começar agora a aproveitar o tempo de forma mais produtiva:

1. Não existe multi-tasking. 
Se toda vez que você está concentrado num projeto acaba parando para responder rapidamente um e-mail e depois rapidamente uma mensagenzinha inocente no Facebook e depois uma rápida olhada nas últimas notícias e depois, e depois, e depois… Já pensou onde sua concentração vai parar? Lá mesmo: na lata do lixo. Ao invés de se gabar que responde rapidamente as mensagens que recebe e da caixa de entrada sempre zerada, que tal focar em responder de forma mais atenciosa e eficaz? Separe faixas de horário do seu dia para lidar com os e-mails e crie regras na sua conta para não perder tempo limpando lixo indesejado e repetitivo.

2. Foque no que você faz melhor.
No que você é bom? O que você faz de forma mais eficaz, seja no trabalho ou nas atividades que lhe dão prazer? Se ainda não sabe, é hora de descobrir. Aprenda isso e foque uma maior parte do seu tempo nesta atividade. Fazendo isso, você fica feliz e seu chefe fica feliz: além de elevar sua auto-estima trabalhando naquilo que você é realmente bom, é bem provável que seus resultados sejam muito mais interessantes.

3. Até o tempo perdido pode ser aproveitado.
Moro numa grande cidade e estou acostumada a perder um bom tempo no trânsito diariamente. Com frequência paro e penso no que eu poderia estar fazendo enquanto estou ali, parada, vendo o relógio girar e ouvindo os carros buzinarem. Depois de ver os vídeos do curso, no entanto, me dei uma auto-bronca: se fico no carro ouvindo música (ou pior, ouvindo notícias sobre o próprio trânsito), poderia estar pelo menos ouvindo um audiobook. E, claro, se você anda de transporte público, é obrigatório ter um livro ou uma revista com você, por exemplo. Às vezes nos falta “tempo” para ler no conforto do lar, mas reservar o horário do transporte para isso já é melhor do que nada, afinal são minutos preciosos que você já sabe que irá gastar diariamente.

.Depois de tudo isso, proponho uma reflexão: o que você vai fazer com o tempo que vai sobrar para você? Se você ainda não tem um propósito maior, busque o que realmente te inpira: é isso que põe um fim naqueles dias de preguiça.

Para conhecer com detalhes cada uma destas e outras dicas e se tornar uma pessoa mais produtiva, acesse esse site e aproveite o curso de produtividade com um caderninho ao seu lado!

.

*Este post é um publieditorial. 

Comentários via Facebook

7 comentários

  1. a mesma essência

    Fê, seu post é muito útil principalmente pra quem mora na cidade de São Paulo e região (assim como eu), passamos horas no trânsito, horas desperdiçando tempo e horas tentando ganhar tempo da forma errada!
    Gostei bastante, me ajudou muito =)

    Beijos,
    Sou do blog a mesma essência.

    Responder
    1. Fernanda Pineda

      a mesma essência on 12/03/2013 at 8:11 am said:

      Fê, seu post é muito útil principalmente pra quem mora na cidade de São Paulo e região (assim como eu), passamos horas no trânsito, horas desperdiçando tempo e horas tentando ganhar tempo da forma errada!
      Gostei bastante, me ajudou muito =)

      Beijos,
      Sou do blog a mesma essência.

      A gente acha que é super herói e faz tudo ao mesmo tempo, ao invés de ter foco! Difícil, né?

      Responder
  2. camila

    seu blog é diferenciado ate nos publiposts, por isso sou fã! as vezes queria que fosse mais atualizado, mas entendo que para ter qualidade nao da pra ficar soltando abobrinhas. As pessoas reclamam mt do tempo perdido no transito, no trem, mas hoje em dia com tecnologia – mesmo o mais sem grana tem um bom celular parcelado – é possivel pelo menos começar a aprender coisas uteis pelo fone de ouvido, ou lendo. o problema é que essa tecnologia é usada pra ficar no fb, e isso leva o problema mais fundo, alem do tempo inutil, ele distroi a auto estima das pessoas ne.
    lembrando tambem q é bom ter um tempo livre pra fazer nada, uma ociosidade criativa, mas q ela nao vai rolar dentro do busao trancado no transito.
    bejo!

    Responder
  3. camila

    ps: odiei ter usado a palavra ~diferenciado~ meio q virou pejorativa depois do episodio do projeto de metro em higienopolis (acho q era la, vc deve lembrar do causo)

    Responder
    1. Fernanda Pineda

      camila on 12/03/2013 at 9:24 am said:

      ps: odiei ter usado a palavra ~diferenciado~ meio q virou pejorativa depois do episodio do projeto de metro em higienopolis (acho q era la, vc deve lembrar do causo)

      Olha, nesse caso eu adorei o “diferenciado”! hahahaha <3
      Então, eu também adoraria postar mais, mas às vezes sofro com a falta de tempo e a falta de "braços": além de ter meu #hardwork em horário comercial, sou só eu escrevendo e pensando aqui. Acho que é isso que faz o blog ser diferente (no seu ponto de vista, por exemplo), mas ao mesmo tempo deixa as coisas mais lentinhas! rs

      Estou trabalhando algumas "estratégias" novas aqui e quem sabe isso muda em breve! <3 rs

      Responder
  4. Tany

    Nossa, Fê, muito obrigada mesmo!
    Vou tentar assistir o vídeo o quanto antes (e não adiar mais isso também). Como sou muito enrolada e ao mesmo tempo me comprometo em fazer muitas coisas, acabo fazendo tudo pela metade, esquecendo de algumas e assim vai.. Quem sabe isso ajude a pelo menos administrar um pouquinho o tempo ou descobrir onde estou errando. :)

    Responder
  5. Luiz

    Caramba, carambola e eu querendo gastar com análise sem enxergar dentro de mim desperdícios de convivencias, de fazeres inúteis e desorganizações internas.
    Tô dentro!!!
    Obrigadoooooooo!!!!
    Beijos flautísticos e harmônicos!!!

    Responder

Deixe seu comentário