O verão e a tensão

qui

Nunca na minha santa vida me senti feliz com um biquíni, nunca gostei deles, nunca entendi quem gostasse muito. Lembro-me com muitíssima tristeza da cobrança dessa sociedade praiana brasileira para que eu fizesse a troca do amado maiô pelas duas pecinhas do demo. Eu era apenas uma pré-adolescente e eu nem sabia que não estava feliz com o espelho ainda (sortuda!), mas essa sociedade praiana foi lá me jogar essas verdades na cara.

.
O maiô era maravilhoso para eu brincar e jogar frescobol e meu cabelo já era chato demais em momentos de água e sal para eu adquirir mais uma preocupação. Quer dizer, eu já sofria com um cabelo que ninguém sabia dar jeito na época e me senti cumprindo uma obrigação quando comprei o primeiro biquíni. Ou era isso ou era bancar a esquisitona quando os primeiros menininhos da idade perguntavam porque eu não usava duas peças ainda – mais uma vez, santa pré-adolescência no condomínio do litoral. Fui lá e fiz a troca, mas hoje sei, com dor no coração, que a partir daí nunca mais fui feliz com o pé na areia ou na beira da piscina.

Foi aí que começou a choradeira todo feriado de frente para o espelho. Eu descobri: mais magra, mais gorda, tanto faz: essas duas peças não me favorecem. É muita bunda, é pouco peito, são as costas largas, é um desenho de umbigo que não colabora – juro que se ele fosse um pouco mais puxadinho pra cima dava um pouco de jeito. SEI LÁ, gente. Já paguei caro no biquíni, já paguei barato só de raiva, já esqueci o biquíni em São Paulo de propósito e simplesmente não fez diferença. E digo uma coisa de peito aberto e certeza absoluta: por mais fashionista e *antenadista* que seja sua turma, se você aparecer de maiô no rolê em Ubatuba, todo mundo vai pensar: “ih, vai ficar de barriga branca” e, se você não tiver bolas pra assumir, vai virar mesmo a #misspalida.

É muita pressão, é muita tensão, e eu sei, minha gente, que quase ninguém tem essas bolas todas para competir com a Associação Praiana do Brasil; aliás, quisera eu ter bolas pra pelo menos encher o sutiã. Tô nos rolês da dieta e da corrida sem neurose, mas é algo que eu faço única e exclusivamente para mim. O que eu queria mesmo era não ter sido obrigada a usar o duas peças.

Nossa indústria ama produzir um biquíni cavadão e não há razão alguma para bronzear TANTA área útil, me desculpem. É a democratização da sensualização: todo mundo vai ter que querer balançar o popô porque não tem opção. Gosto de pensar que, graças!, hoje as menininhas bem informadas sabem que não precisam largar o maiozão amigo. Mas aí eu lembro que elas também hoje sabem como cuidar do cabelo rebeldão e que chapinha vai vender pra sempre feito água…

Que tensão, meu Brasil, brasileiro! Que coisa mais chata ter que pensar que o verão, nesse país solar, traz tanta obrigação.

Comentários via Facebook

21 comentários

  1. Paula Pacheco

    Eu sou apaixonada por maiôs Fê, não pela briga com o espelho mas porque gosto muito, apesar de que uso biquíni(faz sentido?) É não faz, mas cresci com todo mundo colocando na minha cabeça que maiô era coisa de gente velha e que quem era nova tinha mais é que aproveitar os biquínis. Nada contra as duas peças, porém tudo a favor de só uma.
    PS: Fê você é linda não acredito que tem encanação com biquínis/corpo(ok, quem não tem um pouco né), mas sai dessa, não troque de peça por causa do seu corpo.

    Responder
    1. Fernanda Pineda

      Paula Pacheco on 08/11/2012 at 4:39 pm said:

      Eu sou apaixonada por maiôs Fê, não pela briga com o espelho mas porque gosto muito, apesar de que uso biquíni(faz sentido?) É não faz, mas cresci com todo mundo colocando na minha cabeça que maiô era coisa de gente velha e que quem era nova tinha mais é que aproveitar os biquínis. Nada contra as duas peças, porém tudo a favor de só uma.
      PS: Fê você é linda não acredito que tem encanação com biquínis/corpo(ok, quem não tem um pouco né), mas sai dessa, não troque de peça por causa do seu corpo.

      Oi Paula! Mas o meu caso é justamente esse tb! Eu acho suuuper confortável, acho bonito e elegante, mas essa mentalidade do “tem que usar biquíni” é empurrada na gente de um jeito, que tem hora que quase desanima de aproveitar o verão. hahah
      Mas quanto às encanações, poxa, todo mundo tem, né? No caso minha história é pra elucidar essa obrigação, acho realmente uma pena! Duvido, aliás, que role ir pro Guarujá aqui do lado com um biquíni de cintura alta…

      Responder
  2. Debs

    Eu queria entender a sua dor, mas não tem como. Eu não sei o que é vestir um maiô desde sei lá quando. Quando pirralha, eu usava nas aulas de natação só porque era obrigatório. Sempre fui adepta do biquini, seja quando era uma magrela sem peito, até hoje quando saio por aí exibindo minha barriguinha de chopp. E eu tenho um umbigo feioso de dar dó, mas tô nem aí! Se um dia eu acordo neurótica com meus quilinhos mal distribuídos, nada que um camisão de praia não possa disfarçar. Mas na hora de entrar na água, tô nem aí mais uma vez! hehehe.. Eu bem que queria ter a barriga chapada e sair desfilando linda no meu biquini, mas já que isso é utopia, eu prefiro não pensar no assunto e manter meu bucho bronzeado. :P

    Responder
    1. Fernanda Pineda

      Debs on 08/11/2012 at 4:45 pm said:

      Eu queria entender a sua dor, mas não tem como. Eu não sei o que é vestir um maiô desde sei lá quando. Quando pirralha, eu usava nas aulas de natação só porque era obrigatório. Sempre fui adepta do biquini, seja quando era uma magrela sem peito, até hoje quando saio por aí exibindo minha barriguinha de chopp. E eu tenho um umbigo feioso de dar dó, mas tô nem aí! Se um dia eu acordo neurótica com meus quilinhos mal distribuídos, nada que um camisão de praia não possa disfarçar. Mas na hora de entrar na água, tô nem aí mais uma vez! hehehe.. Eu bem que queria ter a barriga chapada e sair desfilando linda no meu biquini, mas já que isso é utopia, eu prefiro não pensar no assunto e manter meu bucho bronzeado. :P

      Mas tá CERTÍSSIMA! Não tem que mudar de peça mesmo, tem que usar o que curte. O que acho triste é que, enfim, além da gente ser julgada ao ir de forma mais “coberta” pra praia, a indústria quase que não dá opções bacanas. Maiô lindo é maiô milionário de caro e aí acho que o litoral aqui do lado não é nem digno de receber essa visão… hahahahaha

      Responder
  3. Rina Pri

    eu queria taaaanto conseguir usar maiô! Porque acho tão lindo, tão elegante!!! Mas com 1,80 de altura e a maioria só de perna, acho estranhíssimo!!! Me sinto um cotoco de maiô em cima de pernas pelas hahahahah VAI ENTENDER. Talvez seja realmente a cultura praiana (nasci e cresci na beira da praia, mesmo não curtindo muito aquela areia toda). Desde muito tempo sou gordinha (apesar da altura. São MUITOS quilos a mais), e uso biquíni mesmo assim, com a pancinha ali. Mas todo ano eu vou na loja e tento comprar um maiô. Farei isso de novo, inclusive, no próximo final de semana. Nunca desisto de um dia me sentir bem com o maiô, gorda ou magra.

    Responder
  4. Debs

    Ah, isso é verdade! Eu moro em Natal-RN e mesmo aqui, cidade litorânea, eu mal vejo maiôs nas lojas. Quando tem são uns modelos bem sem graça e caros. Deve ser um drama encontrar o maiô ideal.

    Responder
  5. Mariana Rios

    Eu sou muuuuito, muito infeliz comprando biquini. Uso, mas compro o que me cobre de um jeito confortável. (Odeio rego aparecendo, odeio cortininha descobrindo o peito, odeio calcinha enfiando).
    Na última compra que fui fazer, resolvi tentar um maiô. Pra me sentir mais confortável, poxa… E nenhum… NENHUM ficou nem MAIS OU MENOS em mim.
    Tenho muuuito peito, e os maiôs parece que diminuíam MAIS a distancia entre a virilha e o peito. Foi horrível.
    Você também sai das lojinhas chorando?
    Ta na hora de inventarem um maiô que não deixe a barriga branca, ne? =/
    ;**

    Responder
  6. Mari

    Se suas férias no litoral eram uma tortura, imagina pra quem mora no Rio?! Eu ODEIO biquini. Eu sou magra, não tenho muitos problemas com o meu corpo, malho há bastante tempo… Mas não me sinto confortável. Tenho o quadril largo, então é dificil achar um biquini que não aperte dos lados. Nem um biquini que não suma na minha bunda. Me sinto realmente nua e seria muito mais feliz de maiô. MUITO MAIS. Principalmente nessa de fazer social na praia, que é cotidiano pro carioca. Final de semana você encontra todo mundo na praia. A sua amiga. O seu colega de trabalho. O seu chefe. Juro, não tem nada que me incomode mais do que estar semi nua do lado do meu CHEFE. Mas isso tem que ser normal pra qualquer carioca… E pior do que encontrar o chefe na praia, seria encontrar o chefe na praia de maiô. Porque na segunda-feira ele vai me zuar.

    Aliás, eu sou super julgada por ser branca. Eu já não sou a maior frequentadora de Ipanema… E quando vou, é com muito protetor. Senhor, eu sou muuuuuuito branquela e é desagradavel pegar muito sol. Além de não fazer bem. Mas eu ouço todo dia um “nossa, como você tá branca”. Amigo, eu não TÔ branca, eu SOU branca. Não rola morrer e nascer de novo. Ficar de maiô nem seria um problema pela “barriga branca” visto que todo o meu corpo é branco.

    Mas e aí? Quem tem coragem de dar a cara tapa e colocar um maiô divo? Eu, infelizmente, ainda não tenho. E acabo fugindo das praias cariocas pra evitar encontrar semi-conhecidos de biquini.

    Mais uma vez, Fernanda, incrivel o post.

    Responder
  7. ana ono

    Infelizmente, pura verdade. Me identifico completamente. Mas como já assumi minha barriga branca há séculos, procuro pelo maiô “retrô” perfeito para fazer a vovó fashion na praia hahahaha.

    Responder
    1. Fernanda Pineda

      ana ono on 09/11/2012 at 2:29 am said:

      Infelizmente, pura verdade. Me identifico completamente. Mas como já assumi minha barriga branca há séculos, procuro pelo maiô “retrô” perfeito para fazer a vovó fashion na praia hahahaha.

      Onde você compra?? hahaha dá a dica!!

      Responder
  8. Juliana

    Eu odeio biquíni. Sempre odiei. Sempre foi um pesadelo pra mim, o momento de ir pra praia e ter que por um biquíni. O problema é que nasci com um corpo nada adequado pra biquínis: peito grande, cintura não tão fina e aquela gordurinha chata que marca do lado. Ou seja, eu fico horrível! Até quando eu era magrinha, com meus 13 14 anos, sempre foi um pesadelo! E olha, isso já me trouxe muito sofrimento… Eu simplesmente nao consigo assumir meu corpo e a postura de confiança quando eu tou de biquíni. Vejo meninas gordinhas muito felizes, seguras e tranqüilas com seus corpos na praia e eu, que nem tenho nada de tão esquisito, nunca consegui sentir segurança nenhuma quando coloco um biquíni. É puro sofrimento!
    Faz uns dois anos que comecei a usar maiô porque é a coisa mais chique e confortável do mundo! O problema é olharem pra mim como se eu fosse a tia velha da turma! Ou seja: mesmo confortável, nao tem como se sentir confiante!

    Responder
    1. Fernanda Pineda

      Juliana on 09/11/2012 at 8:16 am said:

      Eu odeio biquíni. Sempre odiei. Sempre foi um pesadelo pra mim, o momento de ir pra praia e ter que por um biquíni. O problema é que nasci com um corpo nada adequado pra biquínis: peito grande, cintura não tão fina e aquela gordurinha chata que marca do lado. Ou seja, eu fico horrível! Até quando eu era magrinha, com meus 13 14 anos, sempre foi um pesadelo! E olha, isso já me trouxe muito sofrimento… Eu simplesmente nao consigo assumir meu corpo e a postura de confiança quando eu tou de biquíni. Vejo meninas gordinhas muito felizes, seguras e tranqüilas com seus corpos na praia e eu, que nem tenho nada de tão esquisito, nunca consegui sentir segurança nenhuma quando coloco um biquíni. É puro sofrimento!
      Faz uns dois anos que comecei a usar maiô porque é a coisa mais chique e confortável do mundo! O problema é olharem pra mim como se eu fosse a tia velha da turma! Ou seja: mesmo confortável, nao tem como se sentir confiante!

      A gente tá sempre no confortável-desconfortável, né? ô desgraça. Mas ainda assim acho mais fácil mandar todo mundo a merda do que ficar sofrendo com pouca roupa na praia. rs

      Responder
  9. Nicole

    Também odeio biquini!
    Eu odeio porque sei que as pessoas sempre irão reparar no seu peso, nas suas marcas, nos seus pelos da barriga, nas estrias e celulites, etc. Mesmo com tão pouca roupa, não me sinto livre, pelo contrário, eu acabo me sentindo enclausurada e sufocada pelos padrões de beleza que a sociedade nos impõe.

    Responder
    1. Fernanda Pineda

      Nicole on 09/11/2012 at 9:58 am said:

      Também odeio biquini!
      Eu odeio porque sei que as pessoas sempre irão reparar no seu peso, nas suas marcas, nos seus pelos da barriga, nas estrias e celulites, etc. Mesmo com tão pouca roupa, não me sinto livre, pelo contrário, eu acabo me sentindo enclausurada e sufocada pelos padrões de beleza que a sociedade nos impõe.

      olha, concordo e às vezes acho que é bem o contrário: quanto menos roupa, mais ficamos sufocadas. rs

      Responder
  10. Tati Matheus

    Estou me juntando ao bloco do Eu Odeio Biquíni”. O momento de ir à praia e tirar a camisa é sempre constrangedor, parece que estão todos olhando ansiosamente aguardando a sua semi nudez.

    Como a Mari falou, eu tmbém “sofro”com essa de ser branca. Da última vez que fui à praia, até o guia começou a encher meu saco… Teve a pachorra de falar que “ainda bem que eu era casada, ou só uma lagartixa iria me querer”. Profissionalismo que é bom, nada né? ADORO minha cor, se pudesse seria até mais branca, curto esse lance de palidez hahaha, mas como irrita essa gente adepta ao brozeado saúde querendo passar sermão. São idiotas, não sabem que se eu pegar sol vou torrar e não bronzear? Quando eu era mais nova um carinha na praia disse que eu até que era bonitinha, mas precisava pegar uma cor… Aff.

    E a odisséia que é para achar um biquini que não mostre o útero? E manter depilação perfeita tendo pele sensível que inflama/encrava facilmente? Sério… que porre!

    Mas tudo o que falei agora foi a introdução para o que realmente quero comentar. A gente só se sente assim porque desde pequenas enfiaram em nossa cabeça que devemos ser perfeitas. Somos sempre bombardeadas, principalmente agora com a chegada do verão com essas babaquices de “operação verão, “operação biquíni”e Cia.

    Até portais de notícias colocam matérias de “Fulaninha da Silva não está preparada para o verão”. Hoje assisti a um comercial da Nesfit no qual a protagonista desiste de tirar o camisão na praia porque “Não está praparada para aquele biquíni”. Desculpa, mas isso é extremamente babaca. Ou seja, não basta ser magra, ter o cabelo liso e pele impecável, você não pode ter qualquer sinal de barriguinha. Pra mim isso é machismo. Pra mim isso só serve para acabar com a auto estima das mulheres. Para mim isso é de mau gosto. Ou será que eles não sabem que milhares de jovens vomitam o que comem ou simplesmente não comem para ESTAREM PREPARADAS PARA O BIQUÍNI???? Podem até achar que estou dramatizando, mas pra mim isso é assunto sério.

    Vê se alguém se importa com a depilação masculina. Ou se algué repara que seu namorado tem celulite/estria. Ou se são zuados porque os cabelos enrolam ao sairem da água, ou se há julgamento pela roupa que usam (a não ser que seja algo extremamente horrível, tipo uma sunga agarradinha laranja neon né hahah).

    Sinceramente, bora arrasar com nosssas barriguinhas séquicis por aí, mulherada. Dane-se! Exploda-se! Quem a Marisa, ou a Nestlé ou o R7 pensam que são para julgar quem está ou quem não está preparada para o verão?? E se eu quiser ir de burca à praia???

    Desculpe a demora, é que isso me deixa mt irritada!

    =]

    Responder
    1. Fernanda Pineda

      Tati Matheus on 09/11/2012 at 9:45 pm said:

      Estou me juntando ao bloco do Eu Odeio Biquíni”. O momento de ir à praia e tirar a camisa é sempre constrangedor, parece que estão todos olhando ansiosamente aguardando a sua semi nudez.

      Como a Mari falou, eu tmbém “sofro”com essa de ser branca. Da última vez que fui à praia, até o guia começou a encher meu saco… Teve a pachorra de falar que “ainda bem que eu era casada, ou só uma lagartixa iria me querer”. Profissionalismo que é bom, nada né? ADORO minha cor, se pudesse seria até mais branca, curto esse lance de palidez hahaha, mas como irrita essa gente adepta ao brozeado saúde querendo passar sermão. São idiotas, não sabem que se eu pegar sol vou torrar e não bronzear? Quando eu era mais nova um carinha na praia disse que eu até que era bonitinha, mas precisava pegar uma cor… Aff.

      E a odisséia que é para achar um biquini que não mostre o útero? E manter depilação perfeita tendo pele sensível que inflama/encrava facilmente? Sério… que porre!

      Mas tudo o que falei agora foi a introdução para o que realmente quero comentar. A gente só se sente assim porque desde pequenas enfiaram em nossa cabeça que devemos ser perfeitas. Somos sempre bombardeadas, principalmente agora com a chegada do verão com essas babaquices de “operação verão, “operação biquíni”e Cia.

      Até portais de notícias colocam matérias de “Fulaninha da Silva não está preparada para o verão”. Hoje assisti a um comercial da Nesfit no qual a protagonista desiste de tirar o camisão na praia porque “Não está praparada para aquele biquíni”. Desculpa, mas isso é extremamente babaca. Ou seja, não basta ser magra, ter o cabelo liso e pele impecável, você não pode ter qualquer sinal de barriguinha. Pra mim isso é machismo. Pra mim isso só serve para acabar com a auto estima das mulheres. Para mim isso é de mau gosto. Ou será que eles não sabem que milhares de jovens vomitam o que comem ou simplesmente não comem para ESTAREM PREPARADAS PARA O BIQUÍNI???? Podem até achar que estou dramatizando, mas pra mim isso é assunto sério.

      Vê se alguém se importa com a depilação masculina. Ou se algué repara que seu namorado tem celulite/estria. Ou se são zuados porque os cabelos enrolam ao sairem da água, ou se há julgamento pela roupa que usam (a não ser que seja algo extremamente horrível, tipo uma sunga agarradinha laranja neon né hahah).

      Sinceramente, bora arrasar com nosssas barriguinhas séquicis por aí, mulherada. Dane-se! Exploda-se! Quem a Marisa, ou a Nestlé ou o R7 pensam que são para julgar quem está ou quem não está preparada para o verão?? E se eu quiser ir de burca à praia???

      Desculpe a demora, é que isso me deixa mt irritada!

      =]

      Tá certíssima. E nesse contexto, não tem como não citar a propaganda babaca da Marisa falando que todo mundo tinha ficado comendo só “sopa rala” pra chegar bem no verão. Além de ser politicamente incorreto, deseduca.

      Responder
  11. Tany

    Engraçado ler isso uma noite antes de ir comprar meu biquini pra viagem de fim de ano, hahaha. Eu nunca fui muito de ir a praia. Gosto, mas sentia preguiça porque ficava cansada e geralmente ficava deitada ou no mar. Antigamente, eu tinha vergonha do meu corpo, mas pelo menos nas praias que eu fui, a maioria tinha o corpo que nem o meu: peito ou bunda, curvas, coxa mais grossa e barriguinha, e eu comecei a pensa ‘Quer saber? Que se foda (oops! haha). Ninguém aqui é modelo da Victoria’s Secret mesmo então eu vou mesmo é andar tranquilamente’ e hoje em dia, longe de estar contente cm o meu corpo, eu uso biquíni e maio (porque acho muitos bem mais bonitos que biquínis) sem problema algum.

    Mas ainda acho que 90% das marcas e peças que eu já provei não combinam. Se a parte de cima fica boa a debaixo fica estranha e assim vai. É um saco, mas enfim…

    Responder
    1. Fernanda Pineda

      Tany on 09/11/2012 at 11:21 pm said:

      Engraçado ler isso uma noite antes de ir comprar meu biquini pra viagem de fim de ano, hahaha. Eu nunca fui muito de ir a praia. Gosto, mas sentia preguiça porque ficava cansada e geralmente ficava deitada ou no mar. Antigamente, eu tinha vergonha do meu corpo, mas pelo menos nas praias que eu fui, a maioria tinha o corpo que nem o meu: peito ou bunda, curvas, coxa mais grossa e barriguinha, e eu comecei a pensa ‘Quer saber? Que se foda (oops! haha). Ninguém aqui é modelo da Victoria’s Secret mesmo então eu vou mesmo é andar tranquilamente’ e hoje em dia, longe de estar contente cm o meu corpo, eu uso biquíni e maio (porque acho muitos bem mais bonitos que biquínis) sem problema algum.

      Mas ainda acho que 90% das marcas e peças que eu já provei não combinam. Se a parte de cima fica boa a debaixo fica estranha e assim vai. É um saco, mas enfim…

      EXATAMENTE. As partes nunca dão certo. Depois de comprar um maiô esportivo pra nadar na Track & Field, gostei do material e fui comprar um biquini pra viajar. Ok. As partes de cima, todas funcionam, já as debaixo… Tive que comprar os tamanhos misturados, pra ver se a cintura do biquini não ficava tão rasinha, tão baixinha. Acho HORROROSO esses biquinis tão curtos que parecem tapa sexo. A bunda eu já nem comento…

      Responder
  12. Dunia Abed

    Li esse post logo que você publicou, aí voltei hoje no blog e resolvi que preciso comentar…

    A minha vida inteira usei maiô (não inteira vai, mas desde adolescente) porque sou de família muçulmana e meu pai não deixava usar biquini. Acho que toda a adolescente já passou pela fase de “preciso fazer algo porque se não fizer vou ser zuada pela turma” e esse era meu caso. Se tinha algum passeio na escola que envolvia piscina eu nem pedia pra minha mãe pra ir, porque não tinha aquele corpo digno de exibir num biquini e também pq nem poderia desfilar um, né? E se fosse linda no maiô com shortinho ia ser zoada eternamente pela tchurma – mais do que já era naquela época…

    Enfim, passou o tempo, eu cresci e hoje ainda não tenho o corpão pra desfilar em um biquini – e meu pai ainda não deixa também, rs – e eu assumo o maiô numa boa, porque me sinto bem assim, nem se tivesse corpão colocaria um biquini hoje. Não ligo muito pro que as pessoas falam ou pensam… Cada um tem que se vestir com o que se sente bem, e não com o que a moda ou os olhares alheios querem… Se vc se sente melhor assim, se joga no maiô, Fernanda! :)

    Ah, e lá no bom retiro tem umas lojas bem bacanas de maiôs lindos, não tão cavados e com estampas fofas e de bojo também! rs

    Responder
  13. Vish menino, aqui só tem gatinha dando sopâ, meninas eu falo uma coisa, eu gosto do jeito que vocês são, com biquini ou sem ele, com maiô ou sem ele eu adorooooooooo vocês kkkkkkkkkkkkkk, um beijo em todas vocês suas lindassssssssssssssssssssssssss, me add no facebook eu estarei 24hs para todas vocês kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, xauzinhooooooooooooo suas rosas de meu campo ;)

    Responder
  14. Agora cmo eu vim parar aki???? -_-

    Responder

Deixe seu comentário