Ken vira ativista do Greenpeace contra a Mattel

ter

“não namoro garotas que curtem desmatamento”

Em junho, o Greenpeace fez uma denúncia muito séria: a de que a Mattel estaria destruindo as florestas tropicais da Indonésia para obter matéria-prima para as embalagens de brinquedos. O toy mais famoso acabou levando a culpa na campanha: a Barbie.

A campanha teve ares de guerrilha e foi um sucesso tão grande que em pouco tempo o CEO da Mattel tomou uma atitude e já anunciou que terá uma nova política para modificar sua linha de produção.

Tomei conhecimento da causa e da situação agora que já está tudo teoricamente resolvido, mas adorei a forma simples como eles conseguiram tratar o problema. Dá uma olhada no vídeo que explica tudo:


O Greenpeace promete ficar de olho para ver se a gigante dos brinquedos realmente vai tomar medidas para mudar a situação; para se ter ideia, as florestas destruídas são o habitat natural do Tigre de Sumatra, que acabou também dando rosto à campanha junto com o Ken.

Gostei do vídeo, gostei da iniciativa mais pop para engajar as pessoas e digo mais: mostrar uma situação real funciona muito melhor para explicar porque ajudar a instituição do que agarrar pessoas pelo braço nas calçadas da Av. Paulista. Dica!

Comentários via Facebook

3 comentários

  1. I LOVE PINK

    O Ken é tão gatinho!

    Responder
  2. Kelly

    Agora eles poderiam fazer a versão da Barbie. Ficaria interessante!

    Responder
  3. Raquel

    Essa campanha foi MTO boa.
    ‘A’ sacada.

    Responder

Deixe seu comentário