Cigarro na moda em 2011?

ter

one million dollar bitch ou one cigarret bitch?
.

Na esteira das tendências vintage na moda, muita coisa boa voltou. Também tivemos que engolir muita coisa ruim com cara de repaginada (ou ninguém percebeu que o balonê, do jeito que veio, já foi?), mas não imaginei que ia ver tanta fumacinha em ensaios em 2011.

Estas três fotos são de editorias recentes e servem apenas para ilustrar algo que andamos vendo até demais: modelos fumando ou se insinuando com o cigarro. Não sei se você aí fuma ou não, mas com a Lei Anti-Fumo vigorando em diversas cidades do mundo, me parece um pouco estranho querer retomar a glamourização do cigarro justo agora.

Na primeira foto, inclusive, o “acessório” é perfeitamente dispensável. A modelo não interage com ele, não olha pra ele, não fuma, não faz nada. Simplesmente o usa como se ele fosse responsável por sua carinha de um milhão de dólares – e todos sabemos que não é bem por aí.

Em março, Lady Gaga participou do desfile da grife Thierry Mugler e foi questionada por ter atravessado a passarela fumando. Para ser bem sincera, prefiro isso como uma expressão artística no espaço conceitual do desfile do que em fotografias estáticas, que “eternizam” e enfocam única e simplesmente o momento do fumo.

É claro que muitas modelos fumam – outras se drogam e outras fingem que não são anoréxicas -, mas isso não interessa artisticamente ao mundo. Fora que é bastante possível que muitas meninas estejam tendo que aprender a fumar para fotografar e, lógico, até a foto ficar perfeita, sabe-se lá quantos cigarros já foram.

O cigarro já é um vício enraizado na nossa cultura, então não vejo porque insistir em divulgá-lo em propagandas subliminares que serão consumidas mundo a fora. Acho difícil engolir esses editoriais que, apesar de lindos, podiam sim ser um pouquinho mais corretos.

.

(texto publicado originalmente no meu Meme)

Comentários via Facebook

11 comentários

  1. Tati Lopatiuk

    Bom, de graça é que não é… Sem querer bancar a conspiradora (deve ser por que acabei de ler Obrigado Por Fumar), mas pra mim essa glamourização do cigarro na moda é bancada pela indústria tabagista. E até aí, nada de novo…

    Responder
  2. Thais Aux

    Acho péssimo, nojento. Cansei de ser fumante passiva. E vamos falar a verdade, cigarro é muito out.

    Responder
  3. Fernanda

    Tati Lopatiuk on 10/05/2011 at 10:43 am said:

    Bom, de graça é que não é… Sem querer bancar a conspiradora (deve ser por que acabei de ler Obrigado Por Fumar), mas pra mim essa glamourização do cigarro na moda é bancada pela indústria tabagista. E até aí, nada de novo…

    também desconfio disso, mas prefiri não acusar. Seria um belo jeito de fazer propaganda proibida. rs

    Responder
  4. Uaba

    Cigarro devia ser usado como mau exemplo. Acho uma BURRICE extrema a pessoa fumar hoje em dia, com tanto esclarecimento. Devia ser motivo de vergonha, e não de glamour. Gostei dessa lei, mas sempre tem um mal educado pra descumpri-la.

    Responder
  5. eric

    Olá, gostaria de deixar um comentário extremamente importante e com maturidade impar.

    você é linda você é linda você é linda você é linda você é linda você é linda você é linda você é linda você é linda você é linda você é linda você é linda você é linda você é linda você é linda você é linda você é linda você é linda você é linda você é linda você é linda você é linda você é linda você é linda você é linda você é linda você é linda você é linda

    Responder
  6. Raquel

    Péssimo, mesmo que com “mensagem subliminar” tentar dar esse glamour à um “veneno” como o cigarro.

    Responder
  7. Bia Maia

    Ai pessoal, menos né…isso é pra um público adulto, pra que tanto moralismo? O politicamente correto me dá soninho…
    Quem fuma paga imposto, usa uma coisa que a lei permite, que dá emprego, que movimenta uma puta indústria e até mesmo os hospitais! rsrs Desculpa pela ironia, é que essa caça as bruxas que inventaram pros fumantes me deixa sem paciência.

    Responder
  8. sininhu

    Acho o cúmulo tentarem trazer glamour para o cigarro novamente!
    Eu já havia percebido essa tentativa louca quando vi a Kate Moss (modelo mais influente do mundo) fumando na passarela da Louis Vuitton (uma das marcas mais assistidas) na fashion week de Paris (a semana de moda mais importante):
    http://www.popsugar.com/Video-Kate-Moss-Smokes-Runway-Paris-Fashion-Week-14808957

    Não concordo que o cigarro seja legal para a sociedade, pois ele não dá a opção de matar apenas para quem fuma… bem pelo contrário, compartilha o câncer e demais doenças com outras pessoas que não tem essa gana por autopunição.
    Por mais que essas revistas de moda sejam veiculadas para um publico adulto, não podemos negar que são os de mais fácil manipulação… afinal, buscam ali “tendências” do que será legal para um tempo próximo.

    A indústria da moda me entristece muitas vezes, mas certamente isso faz parte de um esquema maior de publicidade, mesmo que seja subliminar.

    Adorei esse teu post! Espero que assim as pessoas fiquem alertas nessas mensagens que poderiam muito bem passar despercebidas facilmente.

    Responder
  9. Fernanda

    sininhu on 10/05/2011 at 10:21 pm said:

    Acho o cúmulo tentarem trazer glamour para o cigarro novamente!
    Eu já havia percebido essa tentativa louca quando vi a Kate Moss (modelo mais influente do mundo) fumando na passarela da Louis Vuitton (uma das marcas mais assistidas) na fashion week de Paris (a semana de moda mais importante):
    http://www.popsugar.com/Video-Kate-Moss-Smokes-Runway-Paris-Fashion-Week-14808957

    Não concordo que o cigarro seja legal para a sociedade, pois ele não dá a opção de matar apenas para quem fuma… bem pelo contrário, compartilha o câncer e demais doenças com outras pessoas que não tem essa gana por autopunição.
    Por mais que essas revistas de moda sejam veiculadas para um publico adulto, não podemos negar que são os de mais fácil manipulação… afinal, buscam ali “tendências” do que será legal para um tempo próximo.

    A indústria da moda me entristece muitas vezes, mas certamente isso faz parte de um esquema maior de publicidade, mesmo que seja subliminar.

    Adorei esse teu post! Espero que assim as pessoas fiquem alertas nessas mensagens que poderiam muito bem passar despercebidas facilmente.

    “Por mais que essas revistas de moda sejam veiculadas para um publico adulto, não podemos negar que são os de mais fácil manipulação… afinal, buscam ali “tendências” do que será legal para um tempo próximo.” (2)

    Concordo totalmente. Citei a Lady Gaga no post porque ela certamente tem um público MUITO além da moda, inclusive de crianças e adolescentes, e fumar no desfile certamente gera uma propaganda negativa, já que ela é uma artista que cria tendências, chama atenção para o que faz e etc. Não é função do artista educar ninguém, longe disso, mas não dá pra negar que é um tipo de exemplo.

    A Kate Moss sempre teve essa coisa meio “sujinha”, por assim dizer. Então não fico muito surpresa, já que ela foi acusada até de incentivar a anorexia (algo que eu acho até mais grave que a questão do cigarro, só por ela um ícone). Mas até aí, né? A própria Gisele já andou dizendo que não usa protetor solar. Poha, né? É pra ver essas coisas e achar que tá todo mundo mal assessorado. rs

    Responder
  10. @romullo

    Cigarro não tem nada a ver com glamour mas em editais mais rock e rebelde na pegada meio James Dean acho que fica muito legal o resto é tudo bancado pela industria mesmo e propaganda de cigarro é super errado e a Lady Gaga é uma retardada.

    Maaaas eu fumo bastante quando saio a noite, tipo, só em balada e bares que são permitidos mas meus amigos na grande parte também fumam e eu realmente odeio incomodar os não-fumantes, acredite, sempre estarei observando se a fumaça está incomodando alguém por que sei como é ruim.

    Responder

Deixe seu comentário