A maldição da camiseta divertida

sex

não espere abrir o pacote e encontrar uma dessas

Todo mundo sempre usou camiseta, mas em alguns momentos as camisetas foram mais legais que em outros. Hoje, por exemplo, camiseta é bem cool. Você tem mil e tantas opções de lojas alternativas e pode (tentar) ter uma estampa que (quase) ninguém tem.

Só que aí sua mãe te vê de camiseta. Sua vó. Seus tios. Seu primo distante. Aquela amiga da sua mãe que sempre gosta de mandar presente – e, de presente em presente, camisetas parecem uma opção melhor do que meias e pijamas,  né? Pois é.

O problema da camiseta divertida é o referencial de cada um, problema de quase todos os presentes, claro!, mas menos notável em ahn… Meias e pijamas. Afinal, são meias e pijamas (!). E, se não me engano, meias e pijamas são sempre úteis – pense bem antes de falar mal destes presentes tão singelos.

O grande erro é que camiseta não é simplesmente camiseta. Enquanto você tá pirando com os Correios porque sua encomenda da Threadless não chega, sua avó acha que é tudo camiseta mesmo e corre te dar uma babylook lindona do “Pânico” no Natal. Afinal você aí adora camiseta engraçadinha, né? …

O grande paradoxo da camiseta divertida é que quando a gente realmente acha divertida, compra. Por n motivos: porque é, de fato, divertida, porque tem a ver com o nosso senso de humor, porque camisetas geralmente não são caras, porque se usa muito e por aí vai.

Aí tem também a exceção, as camisetas legais que você até ganha, mas pensa “pô, bacana, só que não é pra mim”. Mas daí pra quem passar adiante uma mera camiseta? Afinal, é só uma camiseta, não o Santo Graal do algodão.

Sei que hoje a única pessoa autorizada a me dar camisetas é o namorado. De resto, tô passando e esperando a campanha do agasalho chegar.

.

Comentários via Facebook

11 comentários

  1. Rafael Venturelli

    Estou autorizado a dar camisetas e a tirá-las… =]

    Responder
  2. Raquel

    A minha sogra avacalhou e achou que fosse um ótimo presente pra me dar de Natal… hahaha
    Está la, com etiqueta.. nunca usada e nem pretendo usá-la.

    Responder
  3. Fernanda

    Raquel on 06/05/2011 at 12:47 pm said:

    A minha sogra avacalhou e achou que fosse um ótimo presente pra me dar de Natal… hahaha
    Está la, com etiqueta.. nunca usada e nem pretendo usá-la.

    é um inferno, não é? Eu tenho VÁRIAS nesse esquema. kkk

    Responder
  4. thaizoca

    To louca pra comprar umas camisetas na threadless mas to meio sem coragem pq nao sei o tamanho certo…

    da minha experiencia de viagens, as formas americanas sempre sao maiores que as nossas brasileirinhas né? mas e se a camiseta encolhe?

    normalmente vc compra q tamanho?

    tenho 1,68 e 50kg….

    beijooo!

    Responder
  5. Nicas

    Também tem a noção de tamanho, né? Baby look é uma coisa, camisetão-vestido-camisola é outra!

    E não reclamem de sogra dando camiseta! A minha ex-sogra me deu uma camisolona uma vez que atpe a minha avó achou uó! hehe

    Responder
  6. fefa

    foi bem o que aconteceu comigo no último natal.
    ganhei umas 8 camisetas ‘divertidas’; só uso as que o marido me deu. (:

    Responder
  7. carol

    eu só tenho algumas e adoro cada uma!

    Responder
  8. Viviz

    Ri muito lendo seu post. Lembrei na hora da minha mãe que sempre que vai em algum lugar me traz uma camiseta tipo “Fui a Bahia e lembrei de vc” sabe?
    Ninguém merece…hahahah

    Responder
  9. Fernanda

    Viviz on 10/05/2011 at 10:17 am said:

    Ri muito lendo seu post. Lembrei na hora da minha mãe que sempre que vai em algum lugar me traz uma camiseta tipo “Fui a Bahia e lembrei de vc” sabe?
    Ninguém merece…hahahah

    minha mãe é TOTAL assim, não tem mais onde enfiar camiseta que ela compra errado. rs Eu agora já falo na cara: !ó, não gostei disso. Quer dar pra outra pessoa?!” HAUAHUHA

    Responder
  10. f fcvf

    kicjdk jndjihniodj ndjishok djid

    Responder

Deixe seu comentário