5 Coisas que Você Não Deve Fazer no Compartilhamento do Google Reader

sex

O Google Reader está mais sociável. Agora você pode escolher seguir os feeds compartilhados de uma pessoa, des-seguir outras e ocultar mais algumas – assim, só para não ficar feio de fulano perceber que você parou de bizoiar as coisas que ela põe na roda.

Como em todo bom ambiente internético de socialização, tem gente que torra seu saco de vez em quanto, mas também coloca coisas interessantes de vez em quando, o que te faz continuar seguindo-a. Portanto, como todo mundo quer ver é coisa boa e não notícia do mês passado, resolvi compartilhar também essa listinha de etiqueta feita unicamente por mim, viciada em reader – mas não em perda de tempo com “1000+ não lidos”.

5 Coisas que você NÃO deve fazer no compartilhamento de feeds do Google Reader:


1. Compartilhar tudo

Nem todo mundo tem tanto tempo para ler tudo isso – a não ser que você tenha um olhar brilhante para descobrir coisas sensacionais diariamente e saiba muito bem disso.  Do contrário, não compartilhe.

2. Compartilhar itens do seu próprio blog

De novo: você só posta coisas geniais? A última novidade do último segundo? Textos incrivelmente dignos de orgulho próprio? Pense: estou compartilhando para mostrar o que é meu ou passaria isso pra frente se viesse de outro blog? Daí sim. Caso contrário, deixe que as pessoas digam que o seu conteúdo é bom. ;)

3.  Compartilhar feed da semana passada no domingo da semana seguinte

Ficou confuso? Eu também. Compartilhar a notícia que todo mundo já leu ou sabe é uma desinformação: quem te segue acha que vai ler algo novo porque o reader se baseia em coisas fresquinhas e não é bem isso que você vai proporcionar. A gente entende que você não tem tempo. Eu não tenho, ninguém tem. Então se atualize no seu tempo, mas nada de passar o “jornal do peixe” como se fosse jornal novo.

4.  Compartilhar coisas que só fazem sentido para você e 2 pessoas

Auto-explicativo e dou sugestões: use o twitter, o msn, o facebook, o orkut, e olha! Tem uma coisa chamada e-mail que costuma ser bem útil para isso também.

5. Deixar o Youtube compartilhar por você

Não só o Youtube, mas qualquer outro site que permita compartilhamento automático. É bastante chato ficar lendo “Fulana assinou o canal de Ciclana” ou “Beltrano agora favoritou o vídeo ‘Pedro, devolve meu chip'”.

Lembre-se que metade desses viraizinhos que você guarda aí no Youtube são lixo, que  nem todo mundo gosta dos mesmos clipes e que provavelmente pelo menos 30% da população mundial não vê utilidade alguma em tutorial de maquiagem.

.

… E, enfim, considerando que eu mesma sou capaz de infringir minhas regras, deixo aqui o link para os meus itens compartilhados – sigam por sua própria conta e risco. 8)

Comentários via Facebook

7 comentários

  1. Mell

    Concordo não, Fê. Cada um tem um ritmo pra acompanhar feeds. Eu por exemplo uso muito pra pesquisar referencias no trampo, então vou pela busca e as vezes compartilho coisa MUITO velha, que eu não tinha visto ainda mas continua sendo genial.
    Acho que não tem regra não. Quem não quiser que deixe de seguir né?

    Responder
  2. Fernanda

    Mell on 13/11/2009 at 11:14 pm said:

    Concordo não, Fê. Cada um tem um ritmo pra acompanhar feeds. Eu por exemplo uso muito pra pesquisar referencias no trampo, então vou pela busca e as vezes compartilho coisa MUITO velha, que eu não tinha visto ainda mas continua sendo genial.
    Acho que não tem regra não. Quem não quiser que deixe de seguir né?

    hahaha com certeza! democracia sempre.
    mas uma coisa é referência e imagem, outra é quem posta noticia da semana reretrasada. rs Tem muita gente que faz isso. Uma foto não envelhece, uma notícia sim!

    Responder
  3. Lu

    Não aderi totalmente aos feeds. Estou meio por fora da tecnologia hahaha

    Responder
  4. :: Loma

    Hey ^_^

    Haaa amei as dicas estou em “crise” até agora com o nº 04… muito bom… e só pra constar sou umas das 30% que não vê utilidade em tuto make hehehe.

    Bjs ótima semana porque domingo JÁERA!

    :: Loma

    Responder
  5. Michelli

    ok, confesso que eu as vezes compartilho coisas do meu blog, mas só de vez em quando!!

    Responder
  6. Bruna

    Leio e leio, não sou muito adepta (ainda) ao compartilhamento do reader. rs

    Responder
  7. Sabrina Mix

    Oi, Nanda!

    Nem sabia como usar mesmo esse lance de compartilhamento. Mas agora acho que aprendi.

    Outra coisa que acho interessante é compartilhar as coisas que andamos lendo com quem não tem Reader. Para isso, criei uma tag que posta diretamente no meu blog as coisas que marco. Acho muito prático.

    Beijos e sucesso!!!

    Responder

Deixe seu comentário