Ele simplesmente não está afim de você.

ter


Ele simplesmente não está afim de você
Liz Tuccilo & Greg Behrendt
Editora Rocco

O livro é antiguinho (de 2005) e eu só comprei agora, depois de ser encorajada pela matéria da Gloss de agosto sobre “rolos que nunca desenrolam”. Considerando minhas últimas experiências e a ausência de resultados empíricos, mas sim de muita dor de cabeça, resolvi comprar o maldito livro.

Capinha cor de rosa, cheio de ilustrações: típico livro pra mulher otária, como eu mesma postei no twitter. Eu só não fiquei mais desconfiada porque os autores eram da equipe de “Sex and The City”. Mas, o livro trata de impor respeito logo na introdução, com uma histórinha convincente de que muitas (e quase todas) perguntas sobre comportamentos masculinos duvidos podem ser respondidas com a frase “Ele simplesmente não está afim de você”.

Faz sentido? Faz, principalmente quando são aquelas dúvidas simples, mas insistentes, do tipo, água mole em pedra dura, tanto bate até que fura. O “He’s just not that into you” cai como uma luva para perguntas como:

– por que ele me chamou pra sair e sumiu?
– por que ele não me ligou se disse que ia ligar?
– como a vó dele só fica doente de final de semana?

E assim por diante. O fato é que nós, mocinhas, quando começamos a gostar de um rapaz acabamos inventando 1001 desculpas mentais para as falhas do moço. Afinal, como pode? Ele era tão incrível! Por que fez isso comigo? Eu não mereço, de novo não, não pode ser! A vó dele deve estar agonizando de verdade na UTI!

Bom, não sei vocês, mas eu sou do tipo que cogita trocentas idéias e ainda chama as amigas pra ajudar a queimar fosfato atrás de desculpas plausíveis, épicas e heróicas para comportamentos que jamais deveriam ser admitidos pelo suposto “homem da minha vida”. Que comportamentos? Eu digo.

Ele quer te ver? Porque não te convida? Ele te acha realmente linda? Custa falar? Ele é legal com todo mundo, menos com você? Será que tá certo? Ele não te come? Ok, essa é beeeem comum, embora os homens neguem, e, na minha cabeça, já é caso pra internação. Por essa eu não me deixo enganar.

É claro que Greg Behrendt e Lizz Tuccillo vão muito mais longe e pegam no calcanhar de Aquiles de toda a mulher: parar de aceitar pouco. Muitas de nós passam a tolerar certos comportamentos achando que é necessário para a relação, mas mulheres quase sempre são mais flexíveis. Aí, veja só, quantas vezes você estava fazendo um verdadeiro contorcionismo pra agradar esse homem e ele… Nada?

Pois é. É disso que eles falam. E dizem pra você levantar a bunda da cadeira e encontrar alguém que “não saiba tirar as mãos de você”. É difícil? É. E sim, eles são tão absurdamente otimistas que dá até raiva. Afinal, é impossível ter tanto homem legal assim para tantas leitoras. No entanto, o representante masculino no livro, o Greg, simplesmente diz: tenha fé.

Resposta dogmática, boba e simples. Mas verdadeira e possível, já que veio da boca de um homem. E ele e a Liz conseguem te convencer sempre que você pensa “mas é impossível um cara assim”. Então quer saber? Eu vou é passar pra frente quem não está afim de mim. E acreditar no… amanhã. Afinal, eu sou jovem, sou bonita, tenho saúde…

Cof-cof. Chega.

PS: Apesar de parecer coisa de solteira-encalhada, recomendo o livro pra todas as moças de plantão. Todas aquelas que já sentiram que mereciam um pouquinho mais…

PS2: não é pra mulher otária não, tá? Uma hora você se encontra no livro. E chega de PS.

Comentários via Facebook

23 comentários

  1. Lia

    adorei o “encontrar alguém que não saiba tirar as mãos de você” ehehehe

    Responder
  2. Daniel

    PO mto legal o seu blog.. é mto gostoso a forma q vc escreve..
    apesar de eu estar me sentindo meio deslocado aqui UAHUAhaAUAHauauauH!

    Responder
  3. Vy

    Acho q é o livro q eu ando precisando… Ou então precisando dar pro namorado pra ver se ele se toca um pouquinho!

    Responder
  4. Carol

    mas isso acontece com todas, não é mesmo? acho que realmente somos o sexo frágil nesse aspecto: sempre querer um carinho a mais. passei por essa situação de “ele simplesmente não me quer” uma vez e foi tão ruim, mais ai, agora, tenho a compensação do, er, sofrimento! hehe
    embora eu continue querendo sempre mais do meu namorado =)
    gosto muito do seu texto! ;)

    Responder
  5. Lore

    Tem mulheres que não sabem o valor que têm…

    Responder
  6. Dani Danczuk

    O livro parece legal. Apesar de não ter a ver comigo no momento.
    Beijos

    Responder
  7. Thais

    Ah, vc viu que vai sair o filme também?

    Responder
  8. Cyn Cardoso

    Esse livro deve ser bacana. Deve ter um pouco a ver com o que escrevi no meu blog esses dias.
    beijos!

    Responder
  9. Vivian

    Houve um episódio de Sex and The City que tratou disso. A bola da vez do episódio era a Miranda e um amigo disse mais ou menos isso pra ela: Para de inventar desculpas do pq ele fez ou não fez tal coisa, ele simplesmente não está a fim de vc!. Aí ela teve um insight e ficava falando pra toda mulher na rua q ela ouvia q falavam de homens problemáticos..heheh
    bjuz

    Responder
  10. Ju Mary

    isso tudo é verdade!!! lá na república nós ficávamos sempre lembrando umas às outras “quem quer tá junto”. se o cara quer ficar contigo MESMO não tem distância, tempo ruim ou parente doente que vai impedi-lo… e ter alguém q não tire as mãos de você é ó-ti-mo!

    Responder
  11. Mariana

    Ter alguém que ñ tire as mãos de vc é ótimo!!!! O pior é q é verdade, a gente inventa mil desculpas do pq eles fazem isso ou aquilo com a gente! Ótimo texto! Bjs

    Responder
  12. Yasmin

    Acho que ter fé é a melhor coisa possível!
    E a passagem abaixo achei essencial:
    “E dizem pra você levantar a bunda da cadeira e encontrar alguém que “não saiba tirar as mãos de você”. É difícil? É.”.
    Difícil é, mas vale a pena tentar. :)
    Beijão!

    Responder
  13. Pearl

    Eu li essa matéria e identifiquei muito com um relacionamento que tive. E é isso ai, criamos mil desculpas para achar que nós somos as culpadas. Ainda bem que passou!!!

    Beijos!

    Responder
  14. Realmente mulher é um bicho idiota… É preciso alguém escrever um livro pra nos fazer entender quando um cara não tá afim da gente? hauahauha

    Dá um pé na bunda do idiota, engole o sapo e siga a vida gata… olha a motivação: 6 BILHÕES DE SERES HUMANOS NO PLANETA!!!

    Responder
  15. Amanda

    Ahhhh esse livro é um sooooco no estômago… mas é tudo verdade!!! Serve pra ver se a gente toma um pouquinho mais de vergonha na cara e pára de correr atrás de tipinhos descritos no livro. Beijos!

    Responder
  16. bia

    ahaha, eu também pensei a MESMÍSSIMA coisa quando vi esse livro na banquinha da Saraiva. “livro de mulherzinha que lê Nova”, eheh. só comprei porque eram os autores e roteiristas de sex and the city… paguei minha grande língua.
    é um tapa com luva de pelica esse livro, mudou minha vida :P

    Responder
  17. Jey

    eu preciso ler esse livro!

    Responder
  18. páh borges

    oi mulher adorei esse post; bem original. adorei seu jeito de escrever.

    Responder
  19. Fernanda

    aaa, li o livro dps de por engano achar o seu site.
    ADOREI o livro. passei para todas minhas amigas.

    obrigada pelo conselho!

    Responder
  20. NEUZELI

    adoraria ler esse livro
    estou vivendo essa situaçao
    passei feriadão sozinha e ele com papai e mamae
    eu sou mais eu
    na segunda eu me vingo!!

    Responder
  21. - Megacombo.net

Deixe seu comentário