Investe ou passa?

dom

Existem dois tipos de homens. Sim, existem. Ou pelo menos eu gosto e tenho o hábito de separá-los assim, por simples questão de manter minha cabeça no lugar e não ser seduzida e desviada do caminho da luz durante uma ficada/saída/(insiraqualquercoisaaqui).

Existem os tipos “investimento” e “passatempo”. E, blah, não me julga não: quantas vezes já ouvimos os homens falarem “ahh, mas fulana não é pra namorar”. Então eu me fiz o favor de facilitar a minha vida e separar os homens entre quem eu realmente gostaria que virasse algo mais e homens que, bem, “enquanto o certo não vem, divirta-se com os errados”.

Até agora não errei em nenhuma categorização, embora alguns “investimentos” tenham feito questão de passar para outro lado. Tem homem que tem um medo absurdo de compromisso e acha que “ir levando” durante meses não significa enrolação, significa “se conhecer”. Bem, depois de tanto tempo eu vi que já conhecia o suficiente e, realmente, foi bom ver o tempo correr. Mulher não gosta de homem que não sabe o que quer. Aliás, eles até sabem: o bem-bom e… E só.

Aí ontem eu descobri essa comunidade: “Eu preciso de uma namorada”, com 1014 membros. Só homenzinhos chorando as pitangas dizendo que querem encontrar uma mulher, que não aguentam mais passar seus dias fazendo nada e relativizando a teoria da relatividade.  Achei bonitinho. Sério, me tocou. Achei fofo e inclusive não encontrei uma comunidade do mesmo gênero para mulheres.

A única “do estilo” tinha uma porraaada de integrantes, mas que deixavam bem claro como teria que ser o namorado delas: “Eu preciso de um namorado que: faça xixi sentado, cozinhe, pague as contas, blablabla”. Os itens não eram esses, claro! Mas aí, fia, tu não tá realmente pre-ci-san-do, você tá é querendo uma companhia “assim e assado”. Não que EU não tenha uma lista de pré-requisitos (tenho e é grande), mas não fico falando que preciso de namorado por aí (mentira, nos momentos de TPM eu falo, cof-cof), eu simplesmente quero. Quero quando tiver que ser, até porque em 9 meses de solteirice eu estou me virando muito bem. Até eu me surpreendi, já que sempre fui a_namoradeira.

Voltando às comunidades. Comparando as duas, eu até pensei “olha! homens fofinhos e mulheres do mal!”, mas não deu nem 2 minutos e eu já avistei o seguinte tópico: “Falta mulher ou falta namorada?”. Lá os “fofinhos” mostraram a fuça real e to-dos (sem exceções) reclamavam que mulher até tem, mas namorada não. Aí pronto, parei de gostar dos 1014 membros e vi que continuo certíssima em separar os homens. Talvez seja inclusive natural que todos separemos as pessoas, só acho que mais mulheres deveriam fazer o mesmo: iam se machucar muito menos e se divertir muito mais.

É claro que um dia eu posso errar e correr o risco de jogar minha alma gêmea (eu acredito nessa porra) pela janela ao classificá-la erroneamente, mas eu juro que realmente não estou preocupada. Ele simplesmente pode me considerar como “passatempo” e, well, aí não ia dar certo. Já quando os homens te consideram “investimento” dificilmente tal fato passa desapercebido, já que geralmente quem toma a iniciativa de dar um passo a frente na relação são eles. Aí é só parar e pensar a categoria do moço, se ele pode ser alguém pra ti ou não. Simples assim. E, bem, eu realmente não pediria um cara em namoro (só na pré-escola), mas se tiver alguma moça que já tenha feito isso depois de grande, tem o meu respeito.

Categorias sim, inflexibilidade nunca. Carpe diem.

PS: eu ainda penso que, se for para eu casar um dia, ele vai ajoelhar do meu lado na mesa do jantar, ao som de violinos, e vai abrir uma caixinha e… :)
PS2: leiam o post de baixo e CONTINUEM me ajudando no reality show! Vou preparar um bannerzinho pra deixar fixo aqui. Conto com vocês!

Comentários via Facebook

22 comentários

  1. Helton Kuhnen

    Wow isso é que eu chamo de “ter personalidade”. Tô vendo que o papo de ontem rendeu o post! kkkkkkk

    bjo Fê Pineda

    Responder
  2. zander catta preta

    Putz.

    Imagine se minha (ex-)namorada lê esse texto!

    Responder
  3. Rá! As mulheres se pegam nos mesmos problemas dos homens. Mas ao invés de mostrarem seu lado “melhor”, fazem questão de embalarem. hauhauhuaha

    Será mesmo?
    Vixe… Isso dá muito pano pra manga!

    Responder
  4. Vy

    Tá certa, apoiadíssima!

    Bjo

    Responder
  5. Yuri

    Legal, gostei do que vc escreveu e está certa.

    Responder
  6. Carla

    HAHAHAHAHA
    Que amor!

    Responder
  7. Lecticia

    Se todas as pessoas fizessem uma lista de exigências e seguisse ela a risca, o mundo ia sofrer com a queda da taxa de natalidade e com gente mal-comida espalhando mau humor por ai.

    Responder
  8. Carol

    Boa Fê!

    Eu costumo dividir os homens em “palhaços” e “cafajestes”.

    Ah, tem também os “que dá para andar de mãos dadas na rua” – esses são os feios legais hahaha!

    Beijocas

    Responder
  9. lari

    HAHAHAHAHAHAHAHA queria poder fazer isso… mas sei lá, sou muito bibibibi pra isso, vc sabe…

    E ahn, eu muito pediria pra namorar com um cara se eu estivesse MUITO a fim e pá… mas sei lá nos seus casos recentes esse nao foi o caso. Cara tonto é uma merda pqp!

    Responder
  10. Anne

    Vida de solteira é bom demais! Depois de 3 anos de namoro agora eu faço o que quero =P
    É otimo separar eles nessas listinhas, mas o tanto de “passatempo” que me aparece num é brincadeira viu! Mas é bom, nem quero namoro ainda =)

    Beijão!

    Responder
  11. Maísa

    amei, falou simplesmente tudo. acho bem fácil pros homens categorizarem mulheres em grupos de ‘namoráveis’, ou das ‘pego mas não namoro’ até porque as consideradas ‘não namoráveis’ pra eles são simplesmente o resultado das próprias ações masculinas no passado ;x mesmo tendo isso no outro time também.
    as exigências femininas pra namorado realmente são muitas, mas eles muitas vezes querem exigir muito mais. e numa dessas eu concordo: temos que parar de exigir namorado perfeito e catalogar homem também, assim todo mundo se diverte muito mais e o que tiver que ser, será ahaha :)

    Responder
  12. Maísa

    RE:PS: lindo ver que mais alguém sonha com caixinha aberta no jantar e pedido de casamento! :’D *plim* (som do anelzinho brilhante)

    Responder
  13. Nigro

    ‘Tem homem que tem um medo absurdo de compromisso e acha que “ir levando” durante meses não significa enrolação, significa “se conhecer”.’

    E quando é o oposto?! Digamos: Eu estou completamente louco pela guria e ela sabe disso, mas o discurso é que ‘as coisas vão acontecendo naturalmente’. Aí entra o fato d’eu acreditar que se ambos estão afim pq diabos não tentar de uma vez… não é?! O povo às vezes gosta é de perder tempo em detalhes totalmente irrelevantes.

    E quanto a comunidade, acho deprimente 1024 homens chorando as pitangas por causa de mulher. Tem mulher no mercado sim, e pra namorar. O problema é que na grande maioria das vezes as gurias estão muito confusas por conta de traumas com namorados passados… aí se chega um cara atencioso, que presta atenção no que ela fala, que é educado e outras coisas o sinal de alerta delas desperta, faz escândalo e elas pode pensar o seguinte: ‘ou ele é gay ou tá achando que eu sou trouxa e tá crente que vai me enrolar com esse papinho de homem gentil’

    Triste, mas é verdade. O povo tá gostando mais é de perder tempo, ambos. Homens e mulheres.

    Responder
  14. ana

    Olha… eu gostei do texto, Fê. E eu concordo com você, que existem os investimentos e passamentos. Mais passatempos do que outra coisa, mas tudo bem, né?
    bjo!

    Responder
  15. Thais

    Louvável seu textinho!
    Mas admiro também pessoas que simplificam…
    Funciona assim, algumas vezes os sinos tocam e borboletas fazem festa no nosso estômago e as vezes não…..simples assim, If you were not the one honey, face it!

    Acontece com as melhores mocinhas….e as vezes a culpa não é do cara…não adianta transferir a culpa de um envolvimento que não aconteceu dos dois lados para uma das partes envolvidas….
    Simples assim!

    E nesse caso ( falo com propriedade e muito conhecimento de causa), rotular as pessoas em categorias não resolve coração quebrado!

    Nada pessoal!

    Responder
  16. Fê Loverox

    Thais on 30/07/2008 at 9:21 am said:

    Louvável seu textinho!
    Mas admiro também pessoas que simplificam…
    Funciona assim, algumas vezes os sinos tocam e borboletas fazem festa no nosso estômago e as vezes não…..simples assim, If you were not the one honey, face it!

    Acontece com as melhores mocinhas….e as vezes a culpa não é do cara…não adianta transferir a culpa de um envolvimento que não aconteceu dos dois lados para uma das partes envolvidas….
    Simples assim!

    E nesse caso ( falo com propriedade e muito conhecimento de causa), rotular as pessoas em categorias não resolve coração quebrado!

    Nada pessoal!

    eu divido em categorias sempre… com coração quebrado ou não. Desde que fiquei solteira (há 9 meses) tomei essa postura e se estou recomendando é porque, pelo menos pra mim, está sendo ok. :)

    O problema é como o Nigro disse: infelizmente as pessoas andam gostando de perder tempo, tanto homens quanto mulheres. E aí quem espera as “borboletas” pode ficar esperando tempo demais e muitas vezes se envolvendo com quem está afim apenas de perder tempo…

    Responder
  17. Pearl

    Eu pedi o meu atual namorado em namoro. Ele estava naquela indecisão e eu já logo intimei que estávamos namorando sim e essa história já dura mais de 4 anos. As vezes não temos nada a perder arriscando e homens são incríveis, eles sempre aparecem quando queremos ficar solteiras, Murphy explica! Rsssss

    Beijos

    Responder
  18. Eva

    Heheh,
    realmente, sempre temos uma listinha do que esperamos, mas vc fez uma coisa q eu nunca tinha pensado. Expos a grande diferensa entre PRECISAR e QUERER efetivamente!
    Adorei o blog!

    Responder
  19. - Megacombo.net
  20. - Megacombo.net

Deixe seu comentário