Tensão pós-moderna???

qua

Em toda aula de sociologia eu ouço falar de pós-modernidade e, claro, eu como boa sofredora de TPM (vide minha descrição a sua direita) me toquei agora de que não necessariamente as mulheres tinham TPM antes! Olha só! Veja que bom!

Antes, como ninguém classificava o conjunto dos sintomas da TPM como TPM, ninguém tinha TPM! Tudo não passava de um mau-humorzinho feminino que, da mesma forma como vinha, ia embora. Ótimo, não? Agora, comigo, no século XXI, na chamada “pós-modernidade”, é diferente.

Desvendaram os mistérios da tabelinha. Passaram de geração pra geração. Eu me juntei ao clube dos que desvendaram a tabelinha, mas aí, olha só: quando eu desvendei, a TPM já havia sido inventada e junto com o segredo milenar da tabelinha aprendi que existiam sintomas ( ansiedade, tensão, nervosismo, tristeza repentina, choro fácil, e muitos etc) que me diziam internamente “olha! já já você vai ficar uns diazinhos de frauda!” chamavam-se TPM. Desde então, fiquei sabendo que eu tinha data CERTA até pra ficar de saco cheio.

Ah sim claro! Eu só passei a ter certeza absoluta da data depois de começar a usar outro grande expetimento fantástico, motivador da revolução feminina dos anos 70 e tudo mais: “a pílula”. Antes disso eu também achava que era só um mau-humorzinho besta, afinal, a tabelinha não funciona pra todas, né amor? Senão seria tudo muito simples e nós sempre teremos que ser “as complicadas”. ¬¬

Claro que eu só escrevi isso tudo porque estou de TPM e achei que isso poderia render alguma coisa, já que eu não estou com nenhuma outra idéiazinha na cabeça. Vou lá voltar a ler Nietzche (“O Anticristo”). Acredita que as pessoas no ônibus me olharam torto por estar lendo esse livro? =p

Comentários via Facebook

Deixe seu comentário